Sangue e lágrimas



Nunca me considerei uma pessoa normal
As pessoas normais não escrevem sobre o amor
Muito menos sobre a dor
Elas se escondem por trás de máscaras mal feitas
Cobertos de mentiras e falsidades
Mas, eu não, eu sempre fui transparente

E todos os meus versos
Todos aqueles que falam de amor e solidão
Foram feitos para você e por causa de você
Escritos com sangue e lágrimas
Em meio a noites frias e chuvosas
Com as mais belas e tristes palavras

Nunca fui de mostrar minhas palavras aos outros
Eles não entenderiam, ah, não mesmo
E eu não quero que eles me vejam
Eu não quero que eles me sintam
Pois só você me sente, e sente tão bem
Só você compreende meu coração

E ele sangra, ele chora, meu peito derrama palavras
Palavras por você e para você
E mesmo que os outros não entendam
E mesmo que os outros não aceitem
Todos meus versos que falam sobre amor
Foram feitos para você

E eu não consigo mais dormir a noite
Porque em minha mente só existe você
Então não me abandone, fique mais um pouco
Leia meus versos loucos, pois somente os loucos entendem
Você e eu somos iguais,
Um coração que sangra e olhos que derramam lágrimas

Porque ninguém mais tem coragem
Porque ninguém mais acredita no amor
Todos usam máscaras e não conhecem a dor
Então fique e leia meus versos loucos
E eu não quero que ninguém me veja
Pois eles não entenderiam

E eu nunca me considerei uma pessoa normal
Pois as pessoas normais não escrevem sobre o amor
Muito menos sobre a dor
Elas se escondem por trás de máscaras mal feitas
Cobertos de mentiras e falsidades
Mas, eu não, eu sempre fui transparente

E eu não consigo mais dormir a noite
Porque em minha mente só existe você
Então não me abandone, fique mais um pouco
Leia meus versos loucos, pois somente os loucos entendem
Você e eu somos iguais,
Somos palavras escritas a sangue e lágrimas.

Um comentário:

  1. ✓... Mesmo os que se consideram normais mencionam o amor, desconhecendo seu significado. Os estranhos como "nos" apenas deixam de dormir para expressar o que realmente se sente e vive. Lagrimas quentes e sangue frio... É o que de fato desejam! Mas diga a quem espera isso de você, que o que tem a dispor são lagrimas suavemente alegres e sangue fervoroso, como água aquecida para um chá de frutas vermelhas.

    (Como pediu, com carinho... De nada.^^)

    ResponderExcluir

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.