Rosa quebrada



Eu sou uma rosa quebrada
Eu preciso do seu amor

Na calada da noite
Eu choro, clamo por um abraço seu
Eu quero ser beijada docemente
Quero viver livremente em seus braços

Eu acendo um cigarro
Pego minha Vodka e saio
Ando sem rumo pela noite fria
Eu sou uma rosa quebrada

Eu canto para espantar a dor
Eu sorrio, mas minha alma chora
Meus olhos negros são um poço de tristezas
Meus lábios vermelhos continuam cantando sobre o amor

Eu preciso do seu amor
Eu preciso de um beijo doce
De um abraço acolhedor
Porque eu sou uma rosa quebrada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.