Diário


Há muitos anos que não tenho diários. Já pensei em voltar a escrever neles mas acho um desperdício. Guardar coisas, acontecimentos, experiências, poeminhas apaixonados ou muitas vezes tristes, só para mim, dentro de uma caixa, trancado a sete chaves é como diz minha avó, uma “judiaria”!
Não lembro ao certo porque parei de escrever no meu diário, mas acho que foi à uns dois ou três anos, quando me decepcionei com meu primeiro namorado. Jurei (na minha cabeça tola), que nunca mais iria escrever nele até achar alguém que prestasse. Pois é, acho que até hoje não achei, pois, nunca mais abri ele, as vezes o pego, olho para ele mas nunca ouso abri-lo. Sei que um dia simplesmente vou escrever nele dizendo: “Eu o encontrei, é verdade, ele existe e o amo. Meu amor, minha alma-gêmea, a pessoa com quem vou passar o resto dos meus dias e blá blá blá”...

Os garotos não entendem o que significa o “diário” de uma garota. Nele nós abrimos nosso coração de tal forma que muitas vezes não ousamos sequer arriscar a uma amiga, irmã ou a nossa mãe, principalmente a nossa mãe, meu deus, tantas coisas idiotas já escrevi no meu, tinha vezes que escrevia duas vezes por dia, eram tantas coisas para contar, mas sem ninguém para ouvir.

Isso é frustrante, digo, não ter uma amiga para contar nossos temores e nossas alegrias. Falar sobre aquele garoto novo, gatinho, que nos olhou no fundo dos olhos quando nos pediu a borracha emprestada ^^’’’’.

Somos muitas vezes tão bobas que, só no simples fato de recebermos uma gentileza, um sorriso, já basta para nos apaixonarmos. Muitas vezes levamos a vida toda e não notamos isso. 

Enfim, acabei falando muito e não falando nada. Resumindo, garotos por favor, não zombem das garotas e seus diários, nem ao menos tentem lê-los! São só nossos e se escrevemos neles é porque não queremos contar a ninguém nossos segredos!

Ps: Garotas, lembrem, nunca leve seu diário para o colégio ou lugares públicos, se você o perde-lo, seus dias de paz estarão contados! Mantenha-o sempre guardadinho, bem escondidinho, assim como faço com o meu!
Obrigada e desculpem por este post enoooooorme! Beijos a todos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.