Anjo

Meu anjo, vós que sois tão belo e jovem,
Vós que com amor me guarda, velando meus passos, meus sonhos,
Que me acorda no meio da noite, livrando-me de meus pesadelos,
Queria vê-lo, amá-lo, agradecê-lo, por todos os momentos de aflição, tristeza, que tu me acolheste.
Sussurrando em meu ouvido com sua voz doce em forma de canção:
-Tudo ficará bem meu amor, eu prometo.
Beijando-me a face, com ternura e amor, que apenas um guardião tem,
Meu amado anjo, lhe peço, leva-me contigo, em uma viajem, em um sonho, por lindos verdes campos...
Onde nascem as flores e belos riachos...
Leva-me, meu anjo, em teus braços, tirando minhas magoas e deixando apenas o amor,
Meu querido, meu amigo, quero beijar-lhe os lábios,
Para poder como vós, falar em forma de canção,
Para tocar seu coração, com minhas humildes palavras...
Que são simples, mas ditas são pela voz de meu coração:
-Quero-lhe meu amor, para contigo ficar, e nunca mais voltar, e mais nenhum ser desejar, para apenas teus olhos olhar e teus lábios beijar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.