Amor virtual.

Engraçado não é? Na verdade, não é engraçado. Dói muito. Dói pelo fato de todos os dias você acordar sabendo que pode nunca estar ao lado dele. Dói pelo fato de você nunca poder olhar em seus olhos e dizer um eu te amo cara a cara. Dói pelo fato de você não saber se tudo aquilo é real. Será que quando ele diz que te ama, ele fala a verdade? Será que ele sente saudades? Será que ele também quer me ver tanto quanto eu quero vê-lo? Essas perguntas me torturam, e torturam a qualquer um que ama alguém que está do outro lado do país, ou bem distante. Você fica horas aqui, esperando aquela pessoa especial entrar, perdendo sua vida, perdendo o que tem de melhor lá fora, pra ficar trancado em seu quarto, conversando com ele, esperando ele, se iludindo talvez. É, amor virtual… Engraçado não é? A gente faz tanta coisa por quem a gente nunca viu na vida, mas sabemos que essa pessoa que nunca vimos, é quem a gente quer.

Um comentário:

  1. Puts mury muitt fera me sinto igual sabe como é neh, amor virtual nao e facil não Gaby te AmoOoo

    ResponderExcluir

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.