Carta ao meu ex-namorado


Querido ex-namorado, todos nós sabemos que tu não és meu querido, há muito já deixou de ser, mas tento em meu íntimo guardar as boas lembranças que não foram anuladas pelas atitudes imbecis. 

Você me fez. Fez o que sou agora. Eu te agradeço de todo o meu coração pela grande ajuda em me tornar a pessoa forte e determinada que sou hoje. A pessoa corajosa que não abaixa a cabeça para qualquer olhar feio. A pessoa que não passa um dia sem questionar se as atitudes em relação ao mundo e a meu círculo íntimo estão corretas ou não. 

Você, meu bem, tornou-se a feminista ativa e que busca crescer e se aprofundar em seus ideias. Você me apresentou Simone de Beauvoir indiretamente. Você fez com que eu agisse da mesma forma com os outros ex’es, recusando suas imposições. Por que? Porque é o meu corpo, são minhas regras. Simples assim.

Você me ensinou que mais vale uma amizade, seja ela feminina ou masculina. Você também me fez ver que meus melhores amigos homens queriam me "comer” e o fariam na primeira oportunidade. Eu te agradeço, agradeço de todo o meu ser por abrir meus olhos para os homens como você! 

Lembra quando tu me ensinou a não matar aulas por causa de qualquer barrinha mal feita roçando no meu pescoço? Pois eu lembro. Lembro também que homem não gosta de ficar de amasso e depois receber um não, “eu não quero transar contigo”. Eu lembro todos os dias dos seus ensinamentos e por causa deles que eu estou aqui hoje, rejeitando qualquer saidinha medíocre com a vã tentativa de me levar para a cama depois de uns três copos de vodka. 

Afinal, como diz aquele texto magnífico que eu li num site, eu faço parte da geração inamoravel. Eu assunto os homens por ser forte e decidida. Eu assusto por ter voz ativa. Eu assusto por não querer que você pague o meu almoço. Eu assusto por não seguir o mesmo padrão dos anos 40. 

Obrigada, sua participação no meu crescimento mental e emocional foi de imensurável importância, espero que as outras possam retirar as mesmas lições que eu, ou mais próximas possível. Até logo. 

2 comentários:

  1. Há namorados que só nos serviram para nos ensinar a não abaixar a cabeça novamente rs
    ps eu amei o texto das mulheres inamoraveis <3 me identifiquei um pouco.

    ✦ ✧ http://bruna-morgan.blogspot.com ✧ ✦

    ResponderExcluir

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.