Amar ou Ser Amado


Talvez o amor provoque um estado de alegria nas pessoas, uma felicidade sem fim. E acho que por isso que sou tão diferente dos demais. Vou esclarecer!

Falo o que penso e dane-se o resto, não gostou querido, morde o rabo e vê se morre envenenado! Podem me chamar de indiscreta, maluca, exibicionista, ou qualquer outra coisa. Não ligo, se os outros não têm cara e coragem de falar eu tenho e falo!

Muitas vezes sou muito inocente e não vejo maldade no que falo, mas, os outros vêm! Enfim, talvez por isso tenha contido meus sentimentos e não tenha os revelado. Embora ainda fale o que me da na tela, sentimentos e estado de espírito (ou seja, alegria, tristeza e etc), isso eu deixo bem guardadinho.


O fato é que, como disse acima, as pessoas ficam contentes em "estar amando" e não em "serem amadas". Isso é um fato que temos que aceitar! Muitas vezes tive "amores platônicos", eles nem sabiam que existia, mas já ficava feliz somente em vê-lo, era ridículo eu sei, mas faz parte da adolescência das meninas normais, não dessas piriguetes por ai '-' desculpem, mas é a verdade!

Enfim, vocês devem saber que estou sozinha atualmente, e só o fato de receber carinho, de ouvir um "Eu te amo" ou "Eu gosto de conversar com você", "Você é especial para mim". O receber uma mensagem de bom dia, boa noite, um "só passei pra te mandar um beijo", isso já nos consome de alegria.

Ultimamente tenho recebido muitas mensagens de amigos, obrigada gente, vocês são tudo de bom! Aqueles "Oww fofa sabe que eu te amo né s2" que te faz rir, ou te faz dar um tapa no braço da pessoa, ficando todo sem jeito é ou não é importante?

Amigos ou MAIS que amigos, todos nós queremos carinho. Normais ou by: Muryel (tipo eu gente), preferindo amar ou ser amados, correspondidos ou não. Todos nós precisamos de atenção!

Um comentário:

  1. muito legal parabens
    amor pra pessoas normais realmente e uma palavra muito forte

    ResponderExcluir

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.