Ela: Amor,posso pedir um favor?


Ela:Amor,posso pedir um favor?
Ele: pode pedir.
Ela: amor, quero te pedir um grande favor, não é porque eu queria, só quero saber se você gosta de mim, pelo meu jeito de ser.
Ele: o que seria? eu te amo!
Ela: quero que fique um semana sem me ver, acho que já é o bastante !
Ele: uma semana ? mas isso é muito tempo.
Ela: nós ficamos falando por telefone (risos).
Ele: se isso te deixar feliz, vou fazer isso por você.
menos de uma semana, ele chega na casa dela, a mãe dela abre a porta e deixar ele entrar no quarto, la está Ela, na frente do computador, percebeu sua presença...


Ela: o que tá fazendo aqui ?
continua olhando pro computador, nem olha pra trás.

Ele: estava com saudades de te vê, de te sentir, de vê o seu belo rosto.
Ela: eu disse pra você não vim, se não quer se decepcionar vá embora.
Ele: como me decepcionaria com você ?
Ela: acho que eu estou preparada para te mostrar uma coisa...

ela vira para frente, olhando para ele, corre uma lágrima pelo seu rosto que estava totalmente deformando porque tinha sofrido um acidente de carro.

Ela: gosta do que ver ?
Ela: (chorando)
Ele: totalmente chocado com o que viu)
Ele: (em silêncio)
Ela: eu sabia que gostava de mim, só por um rostinho bonito, pra mostrar a todos os seus amigos que tem uma namorada bonita, era só pra isso que eu servia pra você, agora que não mais nada, que não sirvo pra mas nada, você vai me deixar, eu sabia !
Ela: (chorando demais)
Ele: CALA BOCA, você acha que eu não te amo? acha que isso vai atrapalhar o que sinto por você? acho que você não sabe .. mas o que eu sinto por você eu nunca sentir por nenhuma outra, e isso que aconteceu nós vamos superar juntos, e desculpa por não vim antes para te ajudar com isso. Eu não vou termina com você por um simples capricho, EU TE AMO PELO SEU JEITO! e não pela sua beleza, que continua a mesma você nunca vai mudar pra mim, sempre sempre será bela, quem foi que coloco isso na sua cabeça? tira isso da sua cabeça! eu te amo mais que tudo nesse mundo.
Ele: Eu amo até os seus defeitos. Os seus jeitos, os seus gostos, o seu cheiro, suas caras e bocas, amo cada detalhe seu, simplesmente por ser seu.

Um comentário:

  1. Eis um trágico, dramático e profundo conto, que evidencia a importância e a prevalência do verdadeiro amor.
    Confesso que já li um conto muito similar a este, de equivalente percuciência, que também deixou-me sensibilizado.

    E eis ainda que, vagueando através dos mais diversos sites da internet, encontro o seu após ler os comentários do post sobre Druidismo no blog de um amigo meu, Annan Kelt.

    Ao visitar seu perfil, observei que você tem algumas propriedades interessantes, que me despertaram o desejo de conhecê-la e tê-la como amiga. Na verdade, achei uma coincidência de tamanho inacreditável descobrir uma pessoa de idade próxima (tenho dezessete anos!), que seja pisciana (assim também o sou, rs), que goste de ler e de escrever e que se interesse por Web Design - eu amo ler e escrevo alguns textos eventualmente e, apesar de não ter diploma algum na área de design gráfico, desenvolvo alguns projetos no photoshop, crio algumas páginas para a web com algumas linguagens de programação. Também tenho três pares de tênis all-star - um preto, um azul-marinho e um branco.

    Bom, até agora, eu não disse quase nada sobre mim. Então, começarei pelo início: o meu nome é Daniel, e a minha idade eu já disse (17). Estou concluindo o terceiro ano do ensino médio e vivo em Brasília. O meu estilo musical predominantemente preferido é o rock (e as suas variações) e, apesar de eu não ser otaku, gosto de ir a eventos, feiras e congressos sobre anime e temas correlatos (como música e jogos, por exemplo). Sou, assim como o Annan, considerado um "pagão", em função da minha preferência religiosa, ainda que, diferentemente dele, eu não seja um druida.

    Espero que, a partir da sua concessão, possamos nos conhecer e que nos tornemos amigos. Você parece ser uma pessoa muito legal. E que lista vasta de blogs você segue, hein! ^^

    P.S.: O meu msn é daniel_nora@hotmail.com. Se quiser adicionar, seria muito mais fácil!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.