Paixão

Todos ao verem meu sorriso
Ao sentirem a aura calorosa que vem de minha alma
O brilho repentino de meu olhar
Perguntam-me: Estais enamorada?

Apaixonada? Eu? Que mal há?
Não há mal algum
Apenas a curiosidade das pessoas que sofrem sem amar
Pois é incomum amar, sofrer e mesmo assim,
Não desistir e amar outra vez

Há um que de liberdade no amor ingenuo
Sem compromissos, sem chaves em seu coração
Há apenas as palavras e juras verdadeiras
Que brotam de nossa ilusão

Amor ou Paixão, realidade ou ilusão
Não sei distinguir as duas emoções
Pois cada qual tem sua importância
E por serem importantes
Os pequenos detalhes tornam-se relevantes

Ah meu coração, ama e se apaixona
Coração bobo, eterno enamorado!
Quando iras aprender, que amar não é sofrer
Mas saber conviver com este estado luminoso que é viver

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário aqui!
Comentário sujeito a moderação.

Era uma vez, uma menina... © Copyright 2011 - 2016. - Versão 9. Little nymph. Ilustração Martina Naldi. - Original de Muryel de Oliveira. Tecnologia do Blogger.